Foto: reprodução/TV Bahia

Uma ação na Justiça apresentada pela defesa da família do ex-ministro Geddel Vieira Lima pede a reintegração de posse da fazenda ocupada por indígenas na região de Potiguará, sul da Bahia. A Polícia Civil informou que os indígenas continuam no local, mas garantiu que a ocupação é pacífica. Os índios estão na fazenda atribuía a Geddel e a seu irmão, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB), desde a madrugada do último sábado (23). Os manifestantes acreditam que a terra em que está a propriedade é “sagrada” e que possui ao menos cerca de três cemitérios indígenas. A fazenda possui 643 hectares, o que equivale a 643 campos de futebol.